João Alves-Carita

2011 / 29 Junho

Visões e bacalhaus


Todos temos visões, não são as do ‘além’, essas são só para alguns…
Temos uma muito importante, a de nós mesmos… e essa deve ser a importante! Não quero fazer daqui clichés de ‘se não gostar de mim, quem gostará’, mas a verdade é que o ser humano tem de se auto-valorizar primeiro para que não seja destruido pelas críticas dos outros…
Lia eu que os outros nem sempre têm uma boa visão de nós… mas essa visão somos nós que a damos…
Confuso? Vou então tentar explicar, se nos virmos como alguém com ‘sucesso’, com força de vontade e auto-estima, os outros não vão sequer tentar ‘deitar-nos abaixo’…
Agora, pelo contrário, se nos vitimizarmo-nos a nós próprios, é claro que somos uma presa fácil…
Fazendo uma metáfora (ai como eu gosto de metáforas!): os outros são como predadores… e cada um de nós é presa desses outros/predadores… Um leão nunca se vai meter com um elefante ou um rinoceronte… mas com uma gazela ou um gnu… e depois escolhem dos mais frágeis, os ainda mais frágeis…
Eu costumo distinguir o carácter de alguém apenas pelo aperto de mão… uma ‘técnica’ ensinada por um antigo vendedor de automóveis… Se o aperto de mão for firme, ele já sabe que não vai conseguir impingir nada ao comprador sem ser aquilo que ele de facto quer… Este é o homem seguro…
Agora, se o aperto de mão for ‘a medo’ e entregar o poder e o controlo todo para o outro, então esta é a presa mais frágil das frágeis…
E tu? Como vês o teu aperto de mão ao espelho?
  • Ora pois que li este seu belo texto e concordo com quase tudo. Há um pequeno ponto em que discordo.

    É certo que quanto mais fracos nos mostramos mais fácil será sermos atacados por alguém. Agora lá por mostrarmos que somos fortes e temos uma grande auto-estima não quer dizer que não nos tentem deitar abaixo. Aliás, acho que é até um grande motivo para os de fora nos tentarem derrubar. Porque como li algures (provavelmente no mesmo sítio que tu) “as pessoas não te querem ver melhor do que elas próprias”, é contra natura. Defeito humano, que se há-de fazer?!

    De resto, já sabes o que acho que devias fazer =P

    Responder

LEAVE YOUR COMMENT