João Alves-Carita

2008 / 2 Março

Sol d’Inverno


 “SABE DEUS QUE EU QUIS
CONTIGO SER FELIZ
VIVER AO SOL DO TEU OLHAR,
MAIS TERNO.
MORTO O TEU DESEJO
VIVO O MEU DESEJO
PRIMAVERA EM FLOR
AO SOL DE INVERNO
SONHOS QUE SONHEI
ONDE ESTÃO
HORAS QUE VIVI
QUEM AS TEM
DE QUE SERVE TER CORAÇÃO
E NÃO TER O AMOR DE NINGUÉM.
BEIJOS QUE TE DEI
ONDE ESTÃO
A QUEM FOSTE DAR
O QUE É MEU
VALE MAIS NÃO TER CORAÇÃO
DO QUE TER E NÃO TER, COMO EU.
EU EM TROCA DE NADA
DEI TUDO NA VIDA
BANDEIRA VENCIDA
RASGADA NO CHÃO,
SOU A DATA ESQUECIDA
A COISA PERDIDA
QUE VAI A LEILÃO.
SONHOS QUE SONHEI
ONDE ESTÃO
HORAS QUE VIVI
QUEM AS TEM
DE QUE SERVE TER CORAÇÃO
E NÃO TER O AMOR DE NINGUÉM.
VIVO DE SAUDADE, AMOR
A VIDA PERDEU FULGOR,
COMO O SOL DE INVERNO
NÃO TENHO CALOR”

 

Hoje é dia de post duplo (novamente)… Coloco aqui o Sol d’Inverno interpretado pelo Jogabi (a cantar para a Luso-Can Tuna e para a escstunis, com o sol quase a nascer no meio do Parque de Campismo de Monsanto) e a respectiva letra da música…

Seguindo a ideia do anterior post é assim que me sinto: «DE QUE SERVE TER CORAÇÃO E NÃO TER O AMOR DE NINGUÉM. VALE MAIS NÃO TER CORAÇÃO DO QUE TER E NÃO TER, COMO EU…»

E para terminar: «EU EM TROCA DE NADA, DEI TUDO NA VIDA. (…) SONHOS QUE SONHEI, ONDE ESTÃO… DE QUE SERVE TER CORAÇÃO E NÃO TER O AMOR DE NINGUÉM. (…) VIVO DE SAUDADE, AMOR, A VIDA PERDEU FULGOR!»

A ver se pelo menos ao desabafar penso menos nisto! Há coisas na vida que fazem falta… E amor é uma delas!

  • oh Joaozito!Serve teres coração para seres a grande pessoa que és, o grande homem que te tas a tornar e o grande jornalista que não tenho dúvida nenhuma que serás. E olha que isto não é graxa nenhuma. Axo que sabes perfeitamente que digo isto do coração. Tens coração para seres adorado pelas inumeras pessoas que gostam de ti. E olha que sei que são muitas! Quanto a namorada, o que é que se passa com as raparigas deste país?andam cegas?é preciso eu dar-lhes um abre-olhos para verem o que lhes passa à frente?! Nunca desistas!e nunca percas esse belo coração que tens 😉 Beijo grande

    Responder
  • como ja te disse..o teu blog ganhou uma nova leitora =P quando tiver mais tempo, vou tentar fazer um comentario decente.

    bjo***

    Responder
  • Essa é, sem dúvida, uma grande música! =)

    Mas não é suposto identificares-te com ela, sim?

    “De que serve ter coração e não ter o amor de ninguém” – ora, é preferível não ter o amor de ninguém do que entregar o coração a quem não o merece! Enquanto não tens a quem o entregar, vais armazenando amor… assim, kd a pessoa certa aparecer, vais ter kilos e kilos pa lhe dar =P

    “Vale mais não ter coração…” – vale sempre a pena ter coração! ele não serve só para o amor… tb serve para se ser boa pessoa!

    “eu em troca de nada, dei tudo na vida” – se desses à espera de receber algo… é que era mau! Eu sei k isto é bué clichê mas… acredita k um dia as coisas mudam e kd menos se espera aparece alguém…

    “Sonhos que sonhei, onde estão?” – …no coração, talvez… o facto de terem sido “quebrados” não significa k tenham deixado de existir! De sonhos também se vive! “Eles não sabem nem sonham que o sonho comanda a vida…” =)

    “Vivo de saudade…” – a saudade é a certeza de que o passado valeu a pena! (frase clichê mas tão verdade) Usa a saudade para relembrar e sorrir e não para te deixar triste!

    Desabafar faz bem… especialmente quando há alguém a ouvir-nos e a compreender-nos!

    E sim, o amor faz falta… mas lembra-te k há vários tipos de amor! Não dês tanta importância só a um… pensa nisso!

    Responder
  • Gostwei muito do seu blog.
    Você tem uma maneira especial de fazê-lo brilhar.
    Abração

    Responder
  • Cláudia Martins / 6 Março, 2008 AT 10:25 PM

    Ola!bem, foi com muito gosto que aceitei o teu “convite”, vá, para visitar o blog!tinhas razão…sou pessoa para gostar disto!gosto daquilo que escreveste, acho que deves continuar!
    Acho até que aquilo que escreveste me fez conhecer o teu outro lado…um lado diferente daquele que até agora conhecia de ti…também não falamos assim tanto para te conhecer tão bem, mas fica sabendo que apesar da má impressão inicial, agora até te acho um “gajo porreiro”, que até tem umas conversas interessantes!=P
    De facto este post mostra um Carita um bocado diferente, mas que eu compreendo perfeitamente!Não quero é ver-te com essa atitude negativa e derrotista,não é a atitude certa!é óbvio que faz falta ser amado, mas ainda não chegou a tua altura…sei que pode parecer clichê dizer-te que há-de aparecer, mas a verdade é essa!e quando menos esperares!por isso o melhor conselho que te posso dar é tenta passar um pouco ao lado disso, aproveita o amor dos teus amigos e da tua familia, e sobretudo sê tu mesmo, e vais ver que um dia vais ser tu a andar aí todo “meloso”!;)

    beijinhos
    Cláudia Martins

    Responder
  • Obrigado pela opinião e pelo conselho.
    Valeu

    Responder

LEAVE YOUR COMMENT