João Alves-Carita

2012 / 14 Setembro

Sitiados – Maria


De Bragança a Lisboa
São 9 Horas de distância
Q’ria ter um avião
P’ra lá ir mais amiúde
Dei cabo da tolerância
Rebentei com três radares
Só para te ter mais perto
Só para tu te dares

E saio Agora!
E vou correndo!
E vou-me embora!
E vou correndo!
Já não demora!
E vou correndo p’ra ti…Maria!!

Outra vez vim de Lisboa
Num comboio azarado
Nem máquina tinha ainda
E já estava atrasado
Dei comigo agarrado
Ao porteiro mais pequeno
E tu de certeza à espera
Rebolando-te no feno

Refrão

Seja de noite ou de dia
Trago sempre na lembrança
A cor da tua alegria
O cheiro da tua trança
De Bragança a Lisboa
São 9 Horas de distância
Q’ria ter um avião
P’ra lá ir mais amiúde

Refrão

No comments so far.

LEAVE YOUR COMMENT