João Alves-Carita

2008 / 24 Junho

Por ti…


É 1h da manhã e estou a escrever… sono?! Dormir?! Agora não… há muita coisa a passar-me pela cabeça… não posso adormecer assim…

Dizem que o cérebro e o coração são dos órgãos mais importantes do corpo humano…

Eu só sei que o coração não se engana, ele sabe sempre o que quer… o que nos torna felizes… e não, ele não se engana… MESMO!!!

Por vezes são impulsos enviado pelo cérebro, dados pelos nossos olhos, pelos nossos sentidos, que nos enganam… e “tomam” a vez do coração… e nós deixamo-nos seguir por eles como se fosse essa a vontade do nosso coração…

Nunca ouviram dizer que as aparências iludem?! Pois nestes casos mais do que nunca…

é preciso parar… escutar as batidas do nosso coração e não as batidas da música que os outros querem que escutemos…

é preciso deixar que sejamos nós a decidir (por muito difícil que seja essa decisão)… e se escutarmos o coração e o seguirmos podemos estar descansados que foi essa a melhor opção…

Mas também… quem sou eu para dizer isto
já que não sigo os meus próprios conselhos…

 

… e apenas passaram 5 minutos…
  • “The tough thing about following your heart is what people forget to mention, that sometimes your heart takes you to places you shouldn’t be, places that are as scary as they are exciting and as dangerous as they are alluring, and sometimes your heart takes you to places that can never lead to a happy ending. And that’s not even the difficult part. The difficult part is when you follow your heart, you leave normal, you go into the unknown. And once you do, you can never go back.”

    in Roswell

    E termino com um conselho que eu própria não sigo, porque acho que já nem vale a pena…

    “Promise me one thing, that you’ll follow your heart wherever it takes you. Trust it. Will you do that?”

    Responder
  • Vai aonde te leva o coração… esquece tudo o que vês e tudo o que te dizem… Acredita apenas no que sentes e no que achas que está certo!

    Se o coração quer tentar, força! Vai em frente! Mesmo que batas com a cabeça! Investe tudo o que tens! Esgota todas as hipóteses! Mesmo quando todos te dizem que não vale a pena… quem sabe se vale a pena ou não és tu! E só o vais saber se ouvires apenas o teu coração! Ele tem todas as respostas (ou quase todas) de que precisas para tomar uma decisão.

    Há dias disseram-me que “a razão tem sempre razão… o coração é que pode demorar mais a perceber”… sim, pode ser verdade. Mas precisamos seguir o coração para que ele próprio (e nós também) possamos chegar à razão ou, pelo contrário, possamos mostrar à razão que o coração também acerta! Mas para que isso aconteça, é preciso ouvi-lo e segui-lo sem receios!

    Quase sempre contrariei o que me diziam para seguir o meu coração e aquilo em que ele me dizia para acreditar. Não posso dizer que fui feliz por te-lo feito… na maior parte das vezes bati com a cabeça. Mas orgulho-me de poder dizer que sempre segui a voz do coração e que, talvez por isso, não me arrependo das cabeçadas. Ao menos vivo com a compensação de que fiz o que achava que devia fazer e tentei tudo o que podia para ter resultado… Não vivo com os se’s… “e se eu tivesse tentado isto” ou “e se eu tivesse feito/dito aquilo?”… Sei que, na maior parte das vezes, fiz tudo o que podia.

    Ok, neste momento, o que digo parece um bocado contraditório, tendo em conta que ainda há pouco disse que não tenho coragem de dize r “gosto de ti” (porque não tenho mesmo)… Mas o seguir o coração não está só em falar directamente sobre o que está dentro dele… aliás, não são palavras que exprimem/transmitem o que ele sente… são actos, gestos, olhares, atitudes, carinhos,… há tanta maneira de demonstrar que se gosta de alguém sem ter efectivamente de o dizer…

    E pronto… sao quase 4h e perdi-me a escrever… apetecia-me!

    Responder
  • (afinal voltei!)

    Há dias tive uma conversa com alguém sobre isso mesmo: pedir conselhos e não os seguir.

    A conclusão a que se chegou foi:

    Não pedimos conselhos com o fim de os ponderar e seguir… mas sim para confirmar aquilo que pensamos. Procuramos os conselhos que vão ao encontro da nossa opinião. Aqueles que dizem o que realmente queremos ouvir. E é tão verdade…

    Responder
  • às vezes sabe bem seguir o coração. E às vezes até dá resultado. Não podemos simplesmente ver com os olhos da cara, porque nem tudo o que parece é.Há que ver também com os olhos do coração. Afinal é por causa dele que vivemos.
    Nunca te arrependas de ter seguido o teu coração, mesmo que dê para o torto.Temos que viver tudo em pleno porque só temos esta vida.
    Cuida bem desse coraçãozinho!!

    Responder

LEAVE YOUR COMMENT