João Alves-Carita

2011 / 17 Janeiro

“Esta alegria de ser jovem, sendo Igreja”


Hoje é dia de festa! Para além dos 51 anos da minha mãe é também altura de se comemorar o 1.º aniversário do SP VIII do Cacém.

Há um ano estavam no vosso 3.º dia, aquele dia que só se volta a repetir se a semente que em vós foi depositada crescer e der frutos. Não se repete como agora, repete-se do ‘outro lado’ enquanto animadores.

Shalom,
Foi à um ano atrás que se realizou mais um Encontro Inicial na Paróquia do Cacém, o décimo segundo.
Foi neste encontro que um grupo com mais de vinte jovens culminou a caminhada de mais de um ano de Pré-Encontro. Foi neste encontro, que nos foi lançado o desafio de continuar a seguir o ideal de Cristo e que nos motivou para a caminhada enquanto secretariado paroquial como caminho à Evangelização do jovem pelo jovem.

Acreditem que para mim é um enorme orgulho ver o que vocês já alcançaram e saber que ainda mais longe poderão chegar. Confio em todos vocês. No fundo, Deus chamou cada um pelo seu próprio nome. Que responsabilidade, porque cabe agora a cada um saber responder: ‘Sim, estou aqui, seja feita a Tua vontade’.

Assim, queremos agradecer aos três animadores que nos acompanharam na etapa inicial: são eles a Andreia Pereira, o João Carita e a Inês Rodrigues, obrigado!
Agradecemos também, às pessoas que gastaram as suas energias a preparar o encontro do ano passado, não só aos que animaram o E.I., como também quem esteve na sombra para que corresse tudo bem.

No sábado chorei, não por ouvir o meu nome na parte dos agradecimentos, mas porque encheu-me um sentimento de dever cumprido… imagino que seja um pouco como um pai que vê o próprio filho caminhar, ou quando aprende a andar de bicicleta e pode explorar o mundo sozinho… Sinto-vos um pouco como meus ‘filhos’, ou como meus protegidos, se preferirem!
Tenho responsabilidade sobre vocês, sobre cada um de vocês. No que depender de mim não vos deixarei cair, mas claro que há que fazer o que a cada um compete.

Não esquecendo ainda todos os jovens do Movimento que deram o seu testemunho e nos despertaram esta alegria de ser jovem, sendo Igreja.
Agradecer também às nossas famílias pela paciência que têm tido para as horas que passamos fora de casa ocupados com as tarefas do Shalom.

Muitos parabéns por este marco que ainda é recente nas vossas vidas! Espero convosco celebrar para sempre o vosso 4.º dia, porque esse começou no dia 18 de Janeiro de 2010 e termina quando vocês assim o quiserem. Espero que nunca!

Agradecer ao Padre Rocha e à comunidade paroquial do Cacém, pelo apoio e incentivo às nossas actividades, pelo respeito que têm demonstrado e pelo reconhecimento que têm dado a este grupo juvenil.

Que o vosso testemunho ilumine outros jovens e que consigam ser espelho do rosto do Cristo Jovem que tanto defendemos em todos os ‘mundos’ e ‘realidades’ em que vivemos.

Finalmente, mas nem por isso menos importante, agradecer a Deus por ter deixado na cabeça de tantos jovens pelo mundo fora este ideal que é Shalom e que tentamos que esteja sempre presente nas nossas vidas.
Shalom a todos!

Obrigado a todos por aquilo que também me ensinaram! Deram-me muito mais do que eu alguma vez vos poderei dar! Shalom!
 
Em itálico estão as frases do texto que o SP VIII do Cacém
leu na Eucaristia de celebração deste 1.º aniversário.
  • Há coisas que são inexplicaveis, mas esta sei explicar bem, obrigado joão, andreia, ines, por terem nos dados está pica de trabalho, este consulo de ter Deus, Cristo connosco. Somos o futuro, como vocês o são connosco 😉

    Responder

LEAVE YOUR COMMENT