João Alves-Carita

2008 / 9 Dezembro

És feliz?


Mas afinal o que é a felicidade? Podemos ser felizes?

 

Acho que acima de tudo cada um de nós define a felicidade…

Somos (mais) felizes se tivermos tudo,
um carro, uma casa, um emprego, dinheiro no banco?

ou seremos (mais) felizes se não tivermos nada disso,
mas tivermos uma família, alguém que nos ame, amigos de verdade?

Assim à primeira vista diríamos que seríamos felizes apenas com a segunda descrição, mas pensando um pouco o ideal seria um pouco da duas…

Vá não sejamos hipócritas… É bom sermos felizes interiormente, termos família, amigos e alguém que nos ame, mas os bens materiais também nos fazem felizes… ter assim um bruta carro e gasolina à vontade para gastar em passeios e viagens não vos faria felizes? Pois a mim faria… Adoro conduzir e adoro viajar… mas também adoro os meus amigos e a minha família…

Há quem diga que o dinheiro não traz a felicidade, mas também dizemos que ajuda… Mas conseguimos ser felizes com pouco… Afinal, onde ficamos?

Acho mesmo que cada um de nós define a felicidade…

Eu tenho um pouco de tudo isto… sou feliz! Mas se calhar falta-me alguma coisa (possivelmente material… porque é quase sempre isso que falta)… então não sou feliz…

Neste Natal vou passá-lo (novamente) com os meus pais, irmão e avós paternos… Como sempre… mas este “como sempre” e o “novamente” não são de aborrecimento… de infelicidade… mas de contentamento e êxtase, é mais do género: «yuppi vou festejar o Natal com eles, com eles que são a minha família, com eles que me aturam todos os dias, com eles…»

Então sou feliz…

*****

Vim só mesmo partilhar convosco esta miscelânea de ideias que é a minha cabeça, numa altura sem muito tempo para dedicar à escrita e à vossa companhia, não podia deixar de perder uns minutos de sono para actualizar o nosso meio de conversa…

*****

Neste Natal decidam o que querem ser… Felizes ou não!

Eu escolhi ser Feliz e tu?
Faz como o Bobby McFerrin: Don’t Worry, Be Happy
(Não te preocupes, sê feliz)

E sorrir é um pequeno (grande) passo para isso 🙂

  • Bem que indecisão vai para aqui!
    É claro que uma pessoa para ser realmente feliz tem de ter as duas partes: material e sentimental. Porque sem dinheiro não conseguimos fazer muita coisa não é? Mas quem é que te sorri, quem é que te dá carinho, quem é que te diz que és importante, quem é que te consola? Quer-me parecer que o dinheiro, por mais poderes que tenha, ainda não conseguiu alcançar esses!
    Eu também escolho ser feliz, porque não adianta de nada andarmos aí de cabeça baixa e a bater com a cabeça nas paredes!
    Beijinho

    Responder
  • Oh Carita, cada um é Feliz à Sua maneira…
    Só te digo uma coisa, em vez de escrever isso dedica-te a encher chouriços 😛

    Concordo em absoluto contigo, para sermos felizes temos que ter o melhor dos dois mundos, o interior e exterior. Só os sentimentos não nos tornam realizados, e só material não nos tornam queridos. Concordo contigo!

    Responder

LEAVE YOUR COMMENT