João Alves-Carita

2012 / 9 Setembro

Adriana – Cara ou Coroa


O dinheiro não bateu na conta
Já faltou, já estou meia zonza
Trabalhei, ainda sinto o cheiro
Quero ver, ver o meu dinheiro

Será cara, será coroa
A sorte falta a gente boa
Trabalhar para o papel
Como abelha, abelha para o mel

Será … cara ou coroa
Será … cara ou coroa
Será … cara ou coroa
Será … cara ou coroa, cara ou coroa …

Patrão na loja, já subiu
Ignorou, reprimiu
Em baixo ficaram à espera
Como quem tem medo, medo da fera

Meio mês, já ficou esticado
Camponês, campo já lavrado
A chuva cai, alguém fica molhado
Estou no ir, vou dar por acabado

Refrão

Viver é fácil, é censura
Mas quem não vive, não perdura
Trabalhar para o papel
Ou ter a arma, a arma sem quartel

Refrão

Meio mês, já ficou esticado
Camponês, campo já lavrado
A chuva cai, alguém fica molhado
Estou no ir, vou dar por acabado

No comments so far.

LEAVE YOUR COMMENT