João Alves-Carita

2010 / 8 Fevereiro

A vida num frasco


Umas semanas valentes depois do meu último post vou usar um que me chegou por e-mail.

Um professor, durante a sua aula de filosofia sem dizer uma palavra, pega num frasco de maionese e esvazia-o…tirou a maionese e encheu-o com bolas de golfe.A seguir perguntou aos alunos se o Frasco estava cheio. Os estudantes responderam sim.

Então o professor pega numa caixa cheia de caricas e mete-as no frasco de maionese. As caricas encheram os espaços vazios entre as bolas de golfe.

O professor voltou a perguntar aos alunos se o frasco estava cheio, e eles voltaram a dizer que sim.

Então o professor pegou noutra caixa…uma caixa cheia de areia e esvaziou-a para dentro do frasco de maionese. Claro que a areia encheu todos os espaços vazios e uma vez mais o professor voltou a perguntar se o frasco estava cheio. Nesta ocasião os estudantes responderam em unânime “Sim !”.

De seguida o professor acrescentou 2 taças de café ao frasco e claro que o café preencheu todos os espaços vazios entre a areia. Os estudantes nesta ocasião começaram a rir-se…mas repararam que o professor estava sério e disse-lhes:

“QUERO QUE PERCEBEM QUE ESTE FRASCO REPRESENTA A VIDA.”

As bolas de golfe são as coisas importantes: como a família, os filhos, a saúde, os amigos, tudo o que te apaixona. São coisas, que mesmo que se perdêssemos tudo o resto, nossas vidas continuariam cheias.

As caricas são as outras coisas, como: o trabalho, a casa, o carro, etc.
A areia é tudo o resto: as pequenas coisas.

Se pusermos primeiro a areia no frasco, não haveria espaço para as caricas nem para as bolas de golfe. O mesmo acontece com a vida.

Se gastássemos todo o nosso tempo e energia nas coisas pequenas, nunca teríamos lugar para as coisas realmente importantes.

Presta atenção às coisas que são cruciais para a tua felicidade: brinca, arranja tempo para ires ao medico, namora e vai com a tua cara-metade jantar fora, pratica o teu desporto ou hobbie favorito.

Haverá sempre tempo para limpar a casa e reparar o que for preciso:

Ocupa-te primeiro das bolas de golfe, das coisas que realmente importam!

Estabelece as tuas prioridades… o resto é só areia…

Um dos estudantes levantou a mão e perguntou o que representava o café.

O professor sorriu e disse: “…o café é só para vos demonstrar, que não importa o quanto a vossa vida esteja ocupada,sempre haverá espaço para um café com um amigo.”

Concluindo, há sempre tempo para tudo… basta começar a cuidar das nossas bolas de golfe.

E quanto a nós? Vai um cafezinho?
  • João confesso que ja tinha vindo aqui algumas vezes ver se havia novas publicações tuas.
    e foi com bastanta agrado que verifiquei que hoje havia este texto(e que tinha algo a ver comigo).
    Gostei bastante de ler este texto, ate porque a bem pouco tempo, eu andava a dar muita importancia as caricas, e esqueci-me muitas vezes das bolas de golfe, e do café e acho que quando assim é, nao conseguimos ser tão felizes.
    Obrigada por teres partilhado este texto, que certamente ajudara algumas pessoas a reflectirem sobre as prioridades da sua vida.
    jinh*
    sofia

    Responder
  • É bom vaguear pelo mundo e encontrar… encontristas! Shalom!

    Responder

LEAVE YOUR COMMENT