João Alves-Carita

2013 / 1 Agosto

A caminhada para o altar


Para a maioria das mulheres o momento mais importante de um casamento é a entrada na igreja e a dança entre pai e filha.

Rachel Wolf ainda nem sequer está noiva, mas ao saber que o seu pai estava a perder a luta contra o cancro surpreendeu-o com um casamento improvisado, para que dessa forma pudessem juntos partilhar a dança e que o pai estivesse sempre no seu casamento, nem que seja só em vídeo.

Ao pai de Rachel, o doutor James Wolf, foi diagnosticado cancro no pâncreas em Setembro de 2011. Ele suportou quase dois anos de quimioterapia e cirurgias mas o seu tempo estava a esgotar-se. Apenas dias antes do casamento encenado o doutor James Wolf tinha recebido a sua última dose de quimio e os médicos tinham-lhe dito que com sorte teria mais três meses de vida.

Nessa altura, as esperanças mais optimistas deixaram o dr. Wolf. Ele agora tinha medo de não poder estar presente no casamento da sua filha (agora com 25 anos) e de poder dar-lhe algo que ela jamais esqueceria: a dança com o seu pai.

Então num espaço de 10 dias, com a ajuda da vizinhança, amigos e inclusivamente alguns pacientes do próprio dr. Wolf, Rachel organizou o seu casamento para o seu pai. E eles dançaram!

No comments so far.

LEAVE YOUR COMMENT