João Alves-Carita

2011 / 18 Janeiro

100 músicas… Anos 80 (31 a 40)


Em mais uma contagem vamos continuar com o estilo rock em grande.

Muitas, muitas baladas, histórias de amor são os ingredientes para esta contagem!

U2, Aerosmith, Soft Cell são alguns dos nomes…

E anos 80 que são verdadeiros anos 80 tinham de ter Queen!
40. The B-52′s – Love Shack (1989)

“Love Shack” foi o primeiro sucesso da banda B-52’s e o primeiro single a atingir o milhão de vendas. Foi também a primeira música da banda a atingir o top 40, quedando-se em 3.º na tabela da Billboard e 2.º no Reino Unido. A música foi escolhida como uma das 365 músicas do século e o vídeo ganhou o prémio MTV para o melhor vídeo de uma banda.

39. Modern English – I Melt With You (1982)
“I Melt with You” da banda britância ‘Modern English’ atingiu o número 7 da Billboard em 1983. O sucesso deve-se às sucessivas passagens da música na MTV e da sua inclusão durante os créditos finais do filme ‘Valley Girl’. Vários artistas fizeram uma versão desta música, entre eles Jason Mraz, Nouvelle Vague e Fred Durst.

 

38. U2 – Pride (In the Name of Love) (1984)
“Pride (In the Name of Love)” dos irlandeses U2 é o single do álbum ‘The Unforgettable Fire’. Originalmente a música seria sobre o orgulho do presidente norte-americano Ronald Reagan no poder militar dos EUA, mas após Bono ter sido influênciado por um livro (no caso “Let The Trumpet Sound: A Life of Martin Luther King, Jr” de Stephen B. Oates e uma biografia de Malcolm X) a música foi  escrita sobre Martin Luther King Jr, a música recebeu críticas tanto boas como muito más mas foi um estrondoso sucesso.

 

37. Aerosmith – Janie’s Got a Gun (1989)
“Janie’s Got a Gun” é talvez das músicas mais conhecidas do grupo liderado por Steven Tyler. A música fala de uma rapariga chamada Janie que se vinga do seu pai depois de ter sido sexualmente abusado por ele. Esta é uma das poucas músicas dos Aerosmith que fala de um grave problema social. Como curiosidade, a música originalmente chamava-se ‘Danny’s got a Gun’ depois da morte de um amigo do vocalista dos Aerosmith e a letra demorou nove meses a ser escrita.

 

36. Tommy Tutone – 867-5309 – Jenny (1981)
“867‒5309/Jenny” é o maior sucesso do cantor Tommy Tutone. Ficou no 4.º lugar da tabela norte-americana da Billboard. Como curiosidade, o sucesso da música foi tão grande que muitos foram aqueles que ligaram o número 867-5309 e perguntaram pela ‘Jenny’. O número? Bem, esse era real, segundo o próprio Tommy era o número de uma rapariga que ele conhecera num bar e que depois escrevera numa parede de um motel. A música sofreu entretanto várias covers de artistas como Foo Fighters, Mötley Crüe, Green Day, e os Goo Goo Dolls.

 

35. Phil Collins – In the Air Tonight (1981)
“In the Air Tonight” é o primeiro single a solo de Phil Collins e uma das mais conhecidas do ex-baterista dos Genesis. Lançada em Janeiro de 1981 a música foi um sucesso quase instantâneo. A inspiração do cantor foi o seu divórcio da primeira mulher em 1979, tendo também sido esse o motivo pela sua saída dos Genesis. Num mito urbano dizia-se na altura que ‘In the Air Tonight’ era baseado num verdadeiro afogamento que o próprio Phil Collins pudera ter testemunhado. Mito urbano esse que ganhou força com a música ‘Stan’ do rapper Eminem, quando ele diz: «You know the song by Phil Collins, ‘In the Air of the Night’ about that guy who coulda saved that other guy from drowning but didn’t, then Phil saw it all, then at a show he found him?»

 

34. Poison – Every Rose Has Its Thorn (1988)
“Every Rose Has Its Thorn” é uma poderosa balada da banda de rock Poison. Lançada em 1988 (deve ser por isso que eu gosto tanto dela) foi o primeiro e único hit da banda em solo norte-americano. A música foi escrita numa noite em que o vocalista, Bret Michaels, estava numa lavandaria à espera que a sua roupa secasse e lembrou-se de ligar para a sua namorada tendo ouvido uma voz masculina no fundo. Mais uma prova de que os desgostos de amor são óptimos para a escrita!

 

33. Soft Cell – Tainted Love (1981)
“Tainted Love” é uma música feita por Ed Cobb para Gloria Jones em 1964. Mas só se tornou mundialmente famosa com a versão dos Soft Cell em 1982 ficando no topo da tabela do Reino Unido. Desde então já teve inúmeras versões, algumas muito estranhas, como por exemplo a de Marilyn Manson, mas sendo a mais ‘estranha’ a dos espanhóis ‘La Unión’, como o nome ‘Falso Amor’.

 

32. Night Ranger – Sister Christian (1983)
“Sister Christian” é mais uma balada de uma banda de hard rock, neste caso os Night Ranger. Foi escrita e cantada pelo baterista Kelly Keagy para a sua irmã depois de uma visita à sua terra natal quando se apercebeu que a sua irmã, 10 anos mais nova do que ele, tinha crescido. Foi o maior sucesso da banda, atingindo o número 5 da tabela da Billboard.

 

31. Queen and David Bowie – Under Pressure (1981)
“Under Pressure” é a música que fecha a contagem de hoje. Gravada pelos Queen com a preciosa participação de David Bowie. Foi a primeira vez que o actor se estreava em duetos com artistas musicais. A canção atingiu o número 1 no Reino Unido. Seria o maior sucesso dos Queen em terras de ‘sua majestade’ até ao sucesso de “Innuendo”, quase 10 anos depois. A história da música é engraçada, uma vez que Bowie aparecera um dia nos estúdios da banda para gravar uma segunda voz para outra música (no caso ‘Cool Cat’) e no meio de conversas, Bowie e Freddie Mercury escreveram a letra e a música. A versão final da música nasceu de uma ‘jam session’ da banda com o próprio Bowie no seu estúdio na Suiça.

No comments so far.

LEAVE YOUR COMMENT